• Pré-Marcação de Consultas



  • Morada

    Rua Quintino António Gomes 12
    2640-402 Mafra
    Coordenadas
    GPS
    38.942578,-9.35530

    A consulta só é confirmada após o nosso contacto.

A importância da vacinação

A vacinação é, sem dúvida nenhuma, uma das primeiras medidas que deve tomar para proteger o seu animal de estimação.

Existem vacinas para algumas das doenças infecciosas mais frequentes e mais graves dos cães e dos gatos. O processo de vacinação deve ser efectuado sempre por um médico veterinário, pois apesar de ser um procedimento aparentemente simples e de serem pouco frequentes as complicações, caso ocorram, muitas vezes a assistência tem que ser imediata. O ato da vacinação deve ser sempre precedido de um exame clínico minucioso para garantir que o animal a vacinar está saudável e em condições de ser vacinado. Além disso, o plano vacinal tem de ser adaptado à idade, estado de saúde e estilo de vida de cada animal.

A vacinação do seu cachorro ou gatinho é importante porque apesar de após o nascimento os animais que tenham uma boa amamentação adquiram algumas defesas que lhes são transferidas da mãe, estas defesas têm duração curta, limitada e variável consoante as doenças. Se não forem convenientemente imunizados (vacinados) podem ficar desprotegidos.

Importa realçar que as vacinas não impedem que o animal contacte com os agentes infecciosos, mas sim que, caso contacte, o sistema imunitário esteja o mais preparado possível para os enfrentar.

Existem vários protocolos vacinais possíveis e adequados. É necessário aconselhar-se com o seu veterinário habitual que lhe esclarecerá outras dúvidas que possa ter e aconselhará o protocolo vacinal mais adequado para o seu animal. No entanto, para algumas doenças é extremamente importante iniciar a vacinação logo aos dois meses de idade.

No caso dos cães, a parvovirose e a esgana são das doenças mais graves e frequentes nos cachorros, seguidas de perto pela hepatite e leptospirose. Além destas, a tosse do canil, a piroplasmose (babesiose) e a leishmaniose são doenças para as quais também existem vacinas disponíveis.

Temos notado que muitos proprietários desconhecem que os gatos devem também ser vacinados. A herpesvirose respiratória, a rinotraqueíte infecciosa e a panleucopenia infecciosa são bastante comuns e frequentes em gatinhos e se o gato tiver acesso à rua deve ainda ser vacinado contra a leucose felina.

Normalmente, as primeiras vacinas podem requerer um reforço, mas após o primeiro ano e salvo raras exceções a vacinação é repetida anualmente. Veja aqui como funcionam as vacinas e conheça os planos vacinais mais comuns nos cães e nos gatos.

Se necessitar de vacinar o seu animal não hesite em aproveitar as condições especiais que estamos a oferecer nos próximos dois meses.

Não hesite em contactar-nos ou siga-nos via facebook.







© 2017 HVA Hospital Veterinário do Atlântico em Mafra Urgências 24h