• Pré-Marcação de Consultas



  • Morada

    Rua Quintino António Gomes 12
    2640-402 Mafra
    Coordenadas
    GPS
    38.942578,-9.35530

    A consulta só é confirmada após o nosso contacto.

“Golpe de Calor”, um perigo no Verão!

O que é?
O golpe de calor é caracterizado pelo aumento de temperatura corporal do cão/gato, podendo mesmo esta ascender acima dos 42 graus! Este aumento de temperatura pode ser fatal, uma vez que pode causar danos de órgãos internos e mau funcionamento de processos fisiológicos.

Fatores de risco ao desenvolvimento do golpe de calor:
- Temperaturas do meio exterior elevadas;
- Espaços com défices de ventilação  (exemplo: interior de um carro, pátio exterior pequeno, caixa transportadora…);
- Humidade ambiental elevada;
- Pouca quantidade de água disponível;
- Ausência de sombra ou sombra reduzida;

Quais os animais mais predispostos ao golpe de calor?
- Animais muito jovens ou animais idosos;
- Raças caninas braquicefálicas (raças com nariz achatado) como por exemplo, o Boxer, o Bulldog, o Pequinês ou o Pug;
- Gatos de raça Persa;
- Animais que sofram de doença cardíaca ou respiratória;
- Cães/ gatos de pelagem escura (absorvem mais calor);
- Animais obesos (retêm mais calor);
- Animais sob stress.

Atenção!!!
Bastam 15 minutos e um golpe de calor pode ser fatal!

Sinais clínicos que deve ter em atenção:
- Respiração ofegante;
- Salivação excessiva;
- Aumento da frequência cardíaca;
- Pele quente e seca;
- Agitação e ansiedade;
- Não responde a estímulos do dono.

Como auxiliar o seu animal de companhia perante um golpe de calor?
Acima de tudo manter a calma. O golpe de calor é uma urgência médico-veterinária, por isso, deverá levar o seu animal ao médico veterinário assistente de imediato!

No entanto, poderá prestar alguns cuidados iniciais:
- Pulverizar o animal com água à temperatura ambiente (não usar água muito fria ou gelo, pois pode induzir um choque térmico!);
- No carro deverá evitar colocar o animal numa transportadora! Ele deverá ir num espaço o mais arejado possível. Os vidros do carro devem ir abertos ou então ligue o ar condicionado no frio enquanto estiver a transportar o animal para o médico-veterinário.

Como prevenir um golpe de calor?
- Ter sempre água fresca disponível;
- Manter o animal num espaço amplo, ventilado e com sombra disponível;
- Não passear o seu animal durante as horas de maior calor;
- Nunca deve deixar o seu animal dentro de um carro fechado, por pouco tempo que seja! Mesmo que tenha um pouco dos vidros abertos, a ventilação dentro de um carro é sempre insuficiente e o seu animal pode desenvolver rapidamente um golpe de calor.







© 2017 HVA Hospital Veterinário do Atlântico em Mafra Urgências 24h